Matérias sobre Manutenção Automotiva - Motor
border

11 Vícios que prejudicam o motor!
publicado em 24/06/2009

Se você tem hábitos de acelerar o carro antes de desligá-lo, ou mesmo ultrapassar a capacidade de carga permitida, a vida útil do seu veículo está comprometida.

Muitos motoristas não sabem que esses hábitos prejudicam o motor. Por isso, aqui vão algumas recomendações a serem tomadas no dia-a-dia.

O que você não deve fazer

1 - Não permita que o motor trabalhe em rotações muito baixas em marchas altas. O torque fica abaixo do necessário e compromete o propulsor.

2 - Não acelere o veículo desnecessariamente.

3 - Não ultrapasse o limite de passageiros ou de carga do seu veículo. Além de aumentar o consumo de combustível, isso causa um desgaste mais rápido na parte mecânica e na suspensão.

4 - Não deixe o motor "esquentar" com o veículo parado por muito tempo. A melhor maneira para atingir a temperatura ideal é colocar o veículo em movimento.

5 - Nunca desça uma ladeira em ponto morto porque a velocidade do veículo aumenta e os freios podem não conseguir pará-lo.

6 - Não fique com o pé no pedal da embreagem enquanto dirige. Esse vício causa a queima do disco da embreagem, além de prejudicar o rolamento e o volante do motor.

7 - Não segure o veículo na embreagem e no acelerador, enquanto você estiver parado numa ladeira, pois esse hábito prejudica o conjunto de discos e o platô, além de diminuir a vida útil da embreagem.

8 - Não acelere o veículo antes de desligá-lo. Nos veículos que possuem catalisador o perigo é maior porque a gasolina excedente fica dentro desse equipamento. Quando o veículo é ligado, ocorre uma explosão que danifica a cerâmica e os metais nobres do catalisador, além de diminuir o desempenho do motor e aumentar a emissão de gases nocivos.

9 - Não deixe que o nível de óleo ultrapasse o indicado no marcador. O excesso suja as velas e prejudica a queima de combustível.

10 - Caso seu veículo possua catalisador, não o faça pegar no "tranco". O combustível que não foi queimado se aloja no catalisador, aumentando o risco de superaquecimento do motor.

11 - Não permita o uso de qualquer tipo de óleo para pulverizar seu veículo, quando mandar lavá-lo. O catalisador trabalha em altas temperaturas e o contato com o óleo pode causar incêndio. E produtos à base de óleo de mamona ressecam a borracha, estragam as pastilhas e as lonas dos freios, além de propiciar o acúmulo de poeira e sujeira.


O que você deve fazer

1 - Ao descer uma ladeira, mantenha o veículo engatado.

2 - Quando chegar perto de um semáforo, tire o pé do acelerador e mantenha a marcha engatada; o motor diminui a velocidade e há economia dos freios.

3 - Nas estradas, assim que o veículo atingir a velocidade desejada, diminua a pressão do pé sobre o acelerador aos poucos para economizar combustível.

4 - Apenas verifique nível de óleo e de água no radiador quando o veículo estiver com o motor frio.

5 - O aparelho de som traz um número de fábrica (código de segurança), que está no manual do equipamento. Quando for trocar a bateria, é necessário saber esse número, pois você irá precisar dele para ligar novamente o aparelho de som.

6 - Mantenha o veículo em ponto morto quando você estiver parado em semáforos.

7 - Nunca "estique" a marcha em excesso, pois, além de gastar muito combustível, isso acaba entortando as válvulas e pode quebrar as bielas e até o bloco do motor.

8 - Tome muito cuidado quando for fazer ligação direta com cabos, em veículos com injeção eletrônica, usando como fonte de energia a bateria de outro veículo (técnica conhecida como "chupeta"). Ligue o veículo que vai fornecer energia, conecte primeiro os pólos positivos e depois os negativos à bateria. Deixe o motor funcionando de cinco a dez minutos em marcha lenta alta. O veículo que estiver recebendo a energia deverá permanecer desligado. Acione o motor apenas depois de já ter conectado os cabos. Caso não funcione e a bateria tenha que ser retirada, atenção: retire primeiro o cabo negativo, eliminando com isso a passagem de corrente e evitando problemas na parte eletrônica, que é bastante sensível.

9 - Acostume-se a dirigir com os vidros fechados. Isso diminui a resistência do ar e há economia de combustível.

10 - Respeite os intervalos indicados pelo fabricante para fazer as revisões.


fonte: Autoz
 


Matérias Relacionadas:


Chevrolet S10 2015 ganha motor flex de 206 cavalos
A linha 2015 da Chevrolet S10 chegou com novidades.

BMW lança outros carros com motor flex
Após inaugurar sua linha de carros bicombustíveis com o modelo 320i, a BMW segue com outros lançamentos de motorização flex.

Volkswagen CC ganha versão com motor 2.0 litros
Volkswagen CC ganha inédita versão de entrada com motor 2.0L.

Novo Ford Ka: estreia prevista para julho e motor inédito
A nova geração do Ford Ka com previsão de lançamento oficial em julho.

Volkswagen Gol Rallye e Saveiro Cross: novo motor de 120 cv
Linha 2015 dos modelos Volkswagen Gol Rallye e Saveiro Cross agora com o novo motor de 120 cavalos.

Jac Motors lança J3 S e J3 S Turin com motor flex
Jac Motors lança novas versões bicombustível dos modelos J3 e J3 Turin.

Veículos de passeio Fiat ganham 3 anos de garantia para motor e câmbio
Fiat amplia garantia para veículos de passeio para componentes do motor e câmbio.



MotorClube
no Google+

Faça seu comentário ou opinião:





  • Marciocamura

    Opinião do dia 7/5/2012 14:09:00 - queria tirar uma duvida.se o carro tiver motor flex existe um reservatorio de gasolina no motor.tenho que trocar ou repor .qual o tempo pra isso?( marcio camurça)maracanaú ce!

  • Brunom Pendezza

    Opinião do dia 9/12/2011 14:41:00 - 7 - Nunca "estique" a marcha em excesso, pois, além de gastar muito combustível, isso acaba entortando as válvulas e pode quebrar as bielas e até o bloco do motor.eu fiz isso, o prejuizo já bateu 5.000R$ e só aumenta :D

  • Rodolfo Tripodi

    Opinião do dia 29/5/2011 02:12:00 - Achei só uma dica estranha de não poder esticar as marchas, pois pode quebrar as bielas o bloco do motor e entortar as valvulas, pois perguntei sobre isto a 1 mês atras ha um técnico da GM e ele me disse que não tinha problema algum pois o motor do carro foi feito para trabalhar. Só me deu um alerta cuidado com a redução de marcha e o corte de giro!!!Vocês poderiam me tirar essa duvida?

  • Marcelo Assumpção

    Opinião do dia 8/6/2010 11:25:00 - As informações são muito boas,mas concordo com o Jorge de Goiania.

  • jorge

    Opinião do dia 8/10/2009 04:36:00 - so teve um pequeno erro devido nao acelerar um veiculo antes de desligar pois quando voçe chega e desliga um veiculo de uma vez causa o motor muitas vezes pode nao estar bem arrefeçido com tempo obtrui junta da cabeça pode ir causando pequenos empeno no cabeçote dando passagem de agua ao oleo O IDEAL E SEMPRE NA HORA DE PARAR O VEICULO MANTER UMA ACELERAÇAO CONSTANTE ATE OS 2000 RPM POR UNS 30 SEGUNDOS PARA QUE A BOMBA DE AGUA CIRCULE BEM A AGUA EO MOTOR PARE DE TRABALHAR JA COM UMA TEMPERATURA MAIS BAIXA EVITANDO UMA TEMPERATURA VAPOR PARADA NO CABEÇOTE

  • adriano

    Opinião do dia 9/9/2009 03:37:00 - Saiba que foi de suma importancia !!! Pois acabei de comprar um carro 2008 semi-novo, por isto é muito util para quem só teve carro 92 (risos). Espero que continue assim, com essas dicas importante. Um abraço

  • Edson Rosa da Silva

    Opinião do dia 13/7/2009 06:23:00 - GOSTEI MUITO DESTAS INFORMAÇOES, A GENTE SEMPRE PENSA QUE JA SABE TUDO! MAS LOGO DEPOIS VEM. UMA, DUAS, TRES NOVIDADES; POR ISSO QUE FALO PRO OS MEUS FILHOS, A GENTE NUNCA SABE TUDO; MIUTO OBRIGADO PELAS INFORMAÇOES. E UM GRANDE ABRAÇO A TODOS DA EQUIPE.

  • Sirlene Marceli

    Opinião do dia 15/2/2008 09:18:00 - Legal, gostei das dicas, realmente é nescessário ter interesse por assuntos que se diz respeito ao veiculos, pois muitos apenas querem usar o veículo, mas não cuidam, principalmente mulheres, creio que é nescessário que as mulheres comecem a entender mais daquilo que usam para o seu próprio bem...