Testes de colisão para carros mais rigorosos
publicado em 06/08/2013

O Latin NCAP, entidade que avalia a segurança de veículos vendidos na América Latina e no Caribe, aumentou o rigor dos testes de colisão. Os veículos recebem de zero a cinco estrelas, de acordo com os resultados.

O que mudou? Antes só eram feitos testes de colisão frontal, agora também serão realizados testes de impacto lateral. Outra novidade é que o Latin NCAP vai considerar a presença de sistema de aviso de cinto de segurança.


Hyundai HB20 (papel1)
1024x768  1280x1024  1600x1200
Hyundai HB20 (papel2)
1024x768  1280x1024  1600x1200


Sistemas de retenção infantil testados, como a cadeirinha, deverão ser comercializados em três dos principais mercados da América Latina (Brasil, México e Argentina), e não somente em dois, como era antes.

Na avaliação de ocupantes adultos, se após o teste, a cabeça, o pescoço e o peito do passageiro conseguisse a classificação vermelha (proteção pobre), o veículo ganharia uma estrela. Agora, o resultado será zero estrela.


Os novos protocolos de testes entrarão definitivamente em vigor a partir de 2014, mas a entidade já realizou uma quarta fase de testes seguindo as novas regras com alguns modelos das marcas Chevrolet, Nissan, Renault, Seat e Suzuki. Os resultados podem ser vistos nesse link.

Teste de colisão do Latin NCAP

Regras de testes de colisão do Latin NCAP ficam mais rigorosos


Compartilhe esta notícia: