Táticas que os ladrões utilizam para uma abordagem no trânsito
publicado em 08/05/2008


Os assaltantes estão cada vez mais ousados e criativos na hora de abordar um motorista desprevenido. Conheça algumas táticas que utilizam e fique esperto para não ser roubado no trânsito.

Caso 1 - GEL DE SILICONE NO VIDRO DO CARRO
O bandido, sem que ninguém perceba, esguicha um material tipo silicone no pára-brisa do carro da vítima. Instintivamente, o motorista liga o limpador e a massa adesiva se espalha de tal modo, embaçando o vidro, que o motorista é obrigado a parar. Nesse momento, os assaltantes já estavam seguindo o carro aguardando você encostar para agirem. Portanto, se perceber algo estranho no seu vidro, pare num posto. Esse tipo de tática é geralmente usada em estradas, mas também pode ocorrer nas cidades.

Caso 2 - CARRO ATRAPALHANDO A SAÍDA DE OUTRO
Você e seus amigos estão num estabelecimento aberto como por exemplo um bar. De repente você é abordado por um sujeito, bem vestido, que pergunta se o carro tal da placa tal é seu. Você acaba confirmando e ele pede para você dar um pulinho lá para fora para manobrar o carro, alegando que está dificultando a saída de outro. Você, bastante solícito, vai e, ao chegar ao seu carro, anunciam o assalto e levam seu carro e mais pertences. Eles já estavam observando você no momento em que estacionou seu carro na rua.

Caso 3 - PANO COM GRAXA ENVOLVENDO UM LIMÃO NO ESCAPAMENTO
Você está na estrada viajando quando resolve abastecer num posto. Quando você segue a viagem, minutos depois percebe que seu carro esta estranho e resolve parar no acostamento. Em seguida aparece um carro oferecendo ajuda e acaba assaltando você. Em algum momento no posto os assaltantes colocaram um pano com graxa envolvendo um limão no escapamento do seu carro, e sem que você percebesse, seguiram seu carro até você precisar de ajuda.

Caso 4 - FUMAÇA SAINDO DO MOTOR
Acontece quando você vai a algum lugar como posto, dentista, médico ou algum outro estabelecimento, estaciona seu carro na rua, e quando você sai percebe que está saindo uma fumaça do motor do seu carro. Em seguida, você é abordado por um guincho que se oferece para ajudá-lo. O falso mecânico verifica o motor e aponta uma peça quebrada que coincidentemente possui em seu guincho. Alega que a peça custa por volta de R$1.500,00. O motorista, muitas vezes, aceita essa ajuda sem saber do golpe. No momento que a pessoa estacionou o carro, durante sua ausência, foi jogado óleo no motor e esse sim era o real problema da fumaça.

Caso 5 - AVISO DE FOGO NO VEÍCULO
Normalmente, um carro emparelha com o seu e o avisa que está saindo fogo do motor. Ao parar o veículo, os indivíduos pedem ao motorista para abrir rapidamente o capô e se adiantam a olhar o motor. Nesse momento, desligam a chave de ignição do veículo impossibilitando o seu funcionamento.

Após olharem o motor, os indivíduos informam ao motorista que, com o suposto incêndio, há a necessidade de trocar algumas peças e avisam que eles são donos de uma oficina perto dali. Com isso, o motorista questiona sobre o valor da peça e tem uma surpresa quando lhe apresentam um custo de R$ 750,00.

O motorista, muitas vezes, aceita essa ajuda sem saber do golpe. Mas, é importante ficar alerta e antes de aceitar qualquer ajuda "; estranha"; ligar para a seguradora e solicitar o auxílio do guincho. Assim, se forem realmente golpistas vão se ausentar do local.

Algumas dicas de segurança:

• Ande com os vidros e travas das portas sempre fechados;
• Nunca pare o carro em locais sem iluminação e movimento;
• Nos semáforos, pare sempre com a marcha engatada e fique atento à aproximação de estranhos;
• Evite a rotina, altere sempre os caminhos;
• Nunca use nenhum adesivo de academia ou lugares que você freqüenta grudado no vidro do carro;
• Evite ostentar riqueza ou comentar publicamente os valores de seus bens ou seus planos de viagens;
• Fique atento nos cruzamentos;
• Quando for vítima de batida, nunca pare o carro, memorize a placa e procure uma delegacia de polícia;
• Não carregue cartões de crédito, talões de cheque, muito dinheiro na carteira;
• Não deixe bolsas e jaquetas expostas no banco do carro.


fonte: Porto Seguro

Compartilhe esta notícia: