Maresia: você sabe proteger seu carro contra ela?
publicado em 26/04/2011

Se você mora perto da praia ou frequenta muito esse maravilhoso local de lazer, fique atento aos efeitos que a maresia pode provocar no seu veículo. E veja dicas importantes.

No passeio e na moradia
Num passeio de feriadão à praia seu carro pode sofrer alguns efeitos danosos da maresia e da areia do litoral. Se você mora pertinho da praia, seu carro já está sofrendo estes danos.



O que é maresia
São microgotículas da água salgada do mar que ficam em suspensão no ar. Essas gotículas são ricas em sais (cloreto de sódio e cloreto de magnésio) e sua ação sobre a lataria e componentes de metal do veículo causa ferrugem e corrosão.

As gotículas penetram nas frestas do veículo, evapora-se a água e o sal permanece acumulando com o passar do tempo e provocando a oxidação dos materiais feitos de ferro e outros metais. Junto com a maresia, a areia da praia também contribui com os estragos.

Locais que a maresia e a areia "atacam"
- Componentes de metal que não estão protegidos como bandejas, parafusos, cabos e peças dos freios.
- Carroceria, principalmente nos espaços entre as borrachas, nas maçanetas, frisos do teto e nas portas.
- Conectores do sistema de injeção eletrônica e da bateria.
- Coifas dos amortecedores (se rompem por causa da areia acumulada).

O que fazer
Para evitar os estragos da maresia e dos resíduos de areia é importante fazer periodicamente uma boa lavagem completa do veículo, incluindo lataria (atenção especial às frestas e à parte inferior), e também o motor e suas partes internas. Depois faça um polimento ou cristalização da pintura para aumentar a proteção.

De vez em quando é bom passar no seu mecânico de confiança para verificar as peças de proteção (tampões, borrachas e coifas) e lubrificar os sistemas de suspensão e transmissão. Também é recomendável fazer o enceramento da lataria a cada três meses.

Cuidado com a maresia

Compartilhe esta notícia: