Eles não produzem mais motos como antigamente
publicado em 19/07/2014

Será que as motos fabricadas atualmente duram o bastante para serem classificadas como clássicas? Será que uma Honda ou uma Harley de hoje são da mesma qualidade que as do passado?

Se a aparência das motos vintage faz você ficar louco só de olhar, as motos usadas sempre serão sua única opção. Mas e na qualidade, quem ganha?

“As coisas velhas não prestam

20 anos atrás, a Edge Foundation, uma associação de ciência e tecnologia, reuniu um grupo de pensadores e consultores de vários campos e a cada ano fez uma pergunta a esses caras. A questão mais recente foi: vocês já mudaram de opinião sobre o que?

Motos como antigamente


Uma pergunta, de fato, bem filosófica. O que você responderia? Uma das respostas mais interessantes foi a do escritor Stewart Brand. O título da sua resposta foi “Good Old Stuff Sucks”, em tradução livre, coisas velhas não prestam.

Ao longo da resposta, ele conta sua experiência com barcos feitos de madeira pura e os compara com os novos modelos de fibra de vidro. Para o escritor, apesar das coisas velhas terem grande romance e memórias envolvidas, elas definitivamente não prestam. E termina sua resposta:

“A maioria das coisas novas também não presta. A diferença é que o melhor de hoje é invariavelmente melhor do que o de antigamente.”

Agora vamos voltar pras motos

Motos como antigamente


Compare as melhores motos a que você tem acesso nas lojas com as antigas de anos atrás. As melhores do mercado de hoje talvez não sejam tão boas quanto as fabricadas na década passada.

As motos retrô são indiscutivelmente mais charmosas. Mas vamos afastar essa discussão do design, que é uma questão de gosto. Qualidade e manutenção! Como os carros de hoje, as motos são feitas pra evitar as idas frequentes ao mecânico, mas parece que o tempo de vida útil delas é mais curto.

Queremos a sua opinião. Quem ganha no charme e qualidade: o novo ou antigo?

Essa discussão vai ser interessante...

Motos como antigamente

Compartilhe esta notícia: