Dicas importantes na hora de abastecer seu carro com gasolina!
publicado em 01/02/2011

Em muitos estados do Brasil a aparente diferença de preço tem incentivado muitos motoristas a abastecer o carro com gasolina, ao invés de álcool. No entanto, é muito importante estar de olho na qualidade do combustível para ter certeza que está fazendo um bom negócio.


Dica 1
- Tenha certeza da diferença real de preço. Para compensar, o preço do litro do álcool precisa ser 30% menor que o da gasolina.



Dica 2 - Tenha o hábito de abastecer sempre no mesmo posto. Desta forma, será mais fácil identificar se tiver problemas de falhas no motor relacionados ao combustível.

Dica 3 - Peça para ser feita a análise da gasolina no seu posto preferido. Normalmente o frentista vai conversar com o gerente da possibilidade do teste. Caso o gerente recuse o teste e venha com desculpas, não abasteça neste posto. De acordo com resolução da ANP - Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis - é obrigação do posto disponibilizar o teste na hora do abastecimento quando solicitado.

Como é feito o teste?
De acordo com a legislação vigente, 1 litro de gasolina pode conter até 25% de álcool. O funcionário do posto deverá:

1 - Retirar a amostra de gasolina da bomba que seu carro for abastecer. Ele não pode vir com o teste pronto, tem que ser feito na sua frente.

2 - Colocar 50 ml de gasolina num recipiente de vidro (proveta) e adicionar 50 ml de água misturado com 5 gramas de sal utilizando um outro recipiente de plástico (pipeta).

3 - A proveta deverá ser virada de cabeça para baixo pelo menos 10 vezes para efetuar a mistura.

4 - A mistura deverá ser colocada em repouso por 15 minutos (tenha paciência para esperar).

5 - A gasolina pura ficará na parte superior do recipiente. A mistura mais clara (que contém álcool, sal, água e outros aditivos) deverá marcar no máximo 62,5 ml, o que equivale a 25% da mistura com gasolina.

Não seja tímido, o teste da gasolina é um direito seu!

Compartilhe esta notícia: