Dicas de convivência no uso da buzina no trânsito!
publicado em 24/09/2011



Elas fazem barulho e chegam a ser irritantes, infelizmente muitos motoristas as utilizam de forma abusiva, mas em algumas situações de perigo no trânsito são de fato indispensáveis.

Importante item de segurança
Por ser um importante item de segurança, é necessário que as buzinas emitam um som alto, claro e potente. Sua função é chamar a atenção rapidamente em qualquer situação de perigo que possa surgir no trânsito.

Buzina tem que ter som alto
Procure por buzinas que cumpram bem sua função, verifique se alcança entre 105 dB (decibéis) a 115 dB. Um automóvel produz um ruído de até 95 Db, caminhões chegam até 105 Db. Se a buzina for menor que 105, pode não chamar a atenção numa situação de risco.

Buzina anticorrosiva
Verifique se a buzina é feita de material anticorrosivo, o que permite agüentar chuva, umidade, pó, lama e maresia e garante a longevidade do equipamento.

Inmetro
Verifique se a buzina é certificada pelo Inmetro, faça questão deste importante selo de qualidade. Buzinas "piratas" ficam "roucas" em pouco tempo, ou pior, bem na hora da emergência.

Dicas de convivência na utilização de buzinas no trânsito:

1 - Não use na frente de hospitais
e outros locais onde há a placa indicativa de proibição. É obvio, mas
muitos ignoram.

2 - Chegou no prédio para chamar a namorada? Não buzine! Deixe a preguiça de lado, estacione e vá até a
portaria. Ou então, use o celular. O local é perigoso para ficar esperando? Combine o horário antes de chegar.

3 - Abriu o sinal e tem um carro na frente? Buzina! Ôpa... isso não. Tem motoristas que ao abrir o sinal quer que numa fração de segundo o motorista da frente dê uma largada de Fórmula 1.

4 - O trânsito está lento? Não adianta buzinar. Você só vai ficar irritado e irritar os outros. Se buzina
fosse mágica, nenhuma cidade grande teria engarrafamento.

5 - Em muitas situações o mais coerente é piscar o farol alto. Em alguns casos consegue chamar mais a atenção
do que a buzina.

6 - Utilize toques curtos em algumas situações. O toque curto pode alertar sem irritar tanto e pode até mesmo
ser cortês. Quanto mais longo o toque, mais alto o som fica.

7 - Seu time ganhou o jogo? Buzinaço não! Se for uma região residencial você pode acordar um bebê dormindo
ou alguém doente. Respeite os outros. Se for final da copa do mundo... xi... é complicado!

Você tem alguma orientação ou situação envolvendo buzina? Não deixe de comentar!

Compartilhe esta notícia: