Dicas de como viajar de carro com animais!
publicado em 26/06/2011

Se tiver que transportar ou viajar com o seu animal de carro, não se preocupe. Basta fazer um planejamento e tomar alguns cuidados básicos para não ser multado e levar seu bichinho com segurança. Veja as dicas.

1.
Documentação do animal
- Para uma viagem interestadual com cães, gatos e alguns tipos de pássaros é necessário tirar o GTA (Guia de Trânsito Animal). Para emitir o documento, leve o atestado de saúde (bicho de até 3 meses) ou carteira de vacinação (bicho com mais de 3 meses) em um posto de atendimento do Ministério da Agricultura que atenda ao seu município. Alguns veterinários são autorizados a emtir o GTA, só que sai mais caro a taxa a ser paga.



- Cachorros e gatos também devem tirar o Registro Geral de Aninmais (RGA) que é a carteira de identidade dos bichos. Na cidade de São Paulo, este documento é obrigatório para todos os cães e gatos. No RGA consta um número de identificação, o nome, raça, data de nascimento e informações do proprietário. Pode ser tirada em centros de zoonoses, clínicas veterinárias e pet shops credenciados.

2. Hábito de andar de carro
Acostume seu animal a andar de carro, se ainda não tem. Leve-o a pequenos passeios alguns dias antes da viagem. Associe o passeio a destinos finais que o cão gosta, como parques ou praças.

3. Soltos nunca
Bichos de estimação nunca devem andar soltos no colo, no porta-malas ou no banco traseiro do carro.

4. Cabeça na janela
Não coloque seu bicho com a cabeça fora da janela do carro em movimento porque isso acarreta problemas nos olhos e ouvidos.

5. Caixa e cinto de segurança especiais
Cães devem sempre viajar dentro de caixas apropriadas para esse fim, ou presos em cintos de segurança para cachorros, se preferir. Gatos devem ser transportados dentro de caixas especiais. Cachorros muito grandes podem ser transportados no porta malas (de carros que não sejam sedãs) com redes de proteção.

6. Acostumando o animal
Para acostumar o animal dentro da caixa, coloque-o dentro dela alguns dias antes da viagem. Ponha também dentro da caixa comida, brinquedos e panos que ele está acostumado (uma roupa sua ajuda). A cada dia aumente o tempo do confinamento para ele acostumar-se mais.

7. Compre a caixa mais apropriada
Compre a caixa com alça para transporte, com trava na porta e tamanho suficiente para seu animal dar um giro completo. Uma caixa grande demais em relação ao animal é perigoso porque numa frenagem o bicho pode se machucar.

8. Caixa aconchegante
Durante a viagem não esqueça de deixar a caixa bem aconchegante para o animal, colocando brinquedos, paninhos que ele gosta e um tapete higiênico que absorve a urina.

9. Enjôos
Deixe seu bicho em jejum antes de viajar, se ele tem tendência a enjôos. A indicação é que o jejum comece quatro horas antes da viagem. Veja também com o veterinário remédios para enjôo.

10. Paradas obrigatórias
Durante a viagem faça paradas para que o bicho se movimente, beba água e faça suas necessidades.

11. Calor e frio
Nunca deixe o animal sozinho dentro do carro. Ele é muito sensível ao calor e ao frio intensos. Sempre carregue um cobertor em caso de frio e água para refrescar o animal em caso de calor.

12. Animais de gaiolas
Animais que são transportados em gaiolas, como pássaros e hamsters, devem ter a gaiola coberta. Eles se assustam facilmente com barulhos estranhos. Para não sujar a gaiola, não coloque água ou comida. Dê água e comida nas paradas.

13. Checklist básico
Veja se tem tudo de que precisa antes de viajar com seu bichino de estimação: documentação, plaqueta de identificação do animal, vasilhas, ração, água, brinquedos, paninho(s), cobertor, coleira, guia para passeio, cinto de segurança e/ou caixa de transporte e/ou rede de proteção (depende de como vai ser transportado o animal durante a viagem).

14. Multas
Segundo o artigo 235 do CTB - Código de Trânsito Brasileiro - a condução de animais nas partes externas do veículo como caçambas (salvo em casos devidamente autorizados) ou com parte do corpo para fora da janela é infração grave (são 5 pontos na carteira e multa de R$ 127,69). O artigo 252 do CTB também diz que o motorista que transportar animais à sua esquerda ou entre os braços e pernas, comete infração média (multa de R$ 85,13 e 4 pontos na carteira).
Compartilhe esta notícia: